Blog da CRV

Maio 5, 2020

< Montando um quarto montessoriano

Montando um quarto montessoriano

Quando chega a hora de montar o quarto do bebê, várias dúvidas surgem. Queremos sempre o melhor para os nossos pequenos. Então, não adianta sair comprando um monte de móveis e decoração sem nem ao menos saber onde se deseja chegar.

Primeiro é importante saber como você deseja que seu bebê cresça. Se desejar proporcionar a ele autonomia e liberdade, o quarto montessoriano com certeza será a sua escolha.

O conceito do quarto montessoriano foi inspirado na filosofia de educação Montessori, que se trata das experiências da própria criança, incentivando-a a pensar e a agir de forma independente, a partir das suas observações sobre o mundo que a cerca.

O quarto montessoriano é um ambiente de aprendizagem e deve ser seguro.

Um dos conceitos desse quarto é o de simplicidade, pois para que seja possível promover a independência do seu filho é importante manter tudo de fácil acesso. Tem que ser um local leve e tranquilo (pense em cores neutras e muito cuidado com estampas carregadas), onde a criança se sinta no controle da situação.

Berço, para quê? Já que estamos falando de independência, este item deve ficar de fora, pois além de restringir os movimentos da criança, ainda a deixa totalmente dependente do adulto. A cama no chão trará toda a liberdade que a criança precisa, assim, se levantará sozinha e irá se deitar quando sentir sono. Para garantir a segurança dos bebês, utilize almofadas e protetores, quando estiverem maiores e sentir que é seguro é só tirar. Ah, para evitar a friagem do chão utilize tapetes de E.V.A ou madeira para fazer a base da cama.

Pense sempre no conceito de acessibilidade. Dessa forma, opte por fazer móveis mais estreitos (sob medida), garantindo um melhor aproveitamento do espaço e permitindo que haja um bom ambiente de circulação no quarto. Coloque barras de apoio para que a criança fique em pé sozinha quando iniciar os primeiros passos, mas certifique-se da segurança na instalação das barras, para que a criança não corra o risco de se machucar e nem perca a confiança nesse processo. Espelhos também são muito importantes no quarto montessoriano, na altura adequada à criança, para que aos poucos ela entenda que existe por si só (para os bebês opte pelo espelho de acrílico, por uma questão de segurança). Em vez de gavetas enormes, escolha nichos de fácil acesso para seu pequeno. Também considere fazer um guarda-roupa com barras na altura da criança, onde você possa deixar algumas roupas separadas permitindo que seu filho ajude na escolha do que vai vestir. Se desejar colocar quadros, opte em coloca-los na altura dos olhos de seu filho.

Os brinquedos e livros também não devem ser em excesso, simplicidade, lembra? Você pode colocar prateleiras seguras e criar cantos temáticos tanto de livros como dos brinquedos. Assim, além de não encher a criança de informação facilita que ela mesma organize ao parar de brincar. Mas, não deixe o ambiente sempre igual, de vez em quando altere algumas coisas de lugar nesses cantinhos criados, você pode também realizar um rodízio desses itens, deixe alguns guardados e vá alternando.

Como o conceito desse quarto permite que a criança passe muito tempo no chão, permita a exploração de texturas e aguce a curiosidade, tenha tapetes lúdicos de diferentes composições. Escolha modelos antialérgicos e que possam ser lavados em casa mesmo para facilitar.

Na medida em que a criança for crescendo, você vai realizando modificações no quarto, mas mantendo o conceito montessoriano.


Categorias:

Os comentários estão fechados.